terça-feira, 20 de outubro de 2009

Ginástica - Análise do movimento

video



Estudo do movimento

Para iniciarmos o estudo do movimento não é somente saber os ossos, músculos e articulações, mas também é necessário saber como é analisada e a posição anatômica com variações toda essa diferença.

Plano Anatômico

Existem algumas variações, porém para isso tem um plano que serve como base que é denominado plano de referência, ou seja, a pessoa com a posição ereta (em pé) e com todos os membros estendidos, olhando para frente e as palmas das mãos para frente, os pés próximos e também para frente.
A partir daí é possível observar as variações das posições, ou seja, as formas que o corpo é divido, todas eles tem a nomenclatura inicial de plano, que são:
Sagital – a divisão do corpo é feita de maneira vertical, é onde conseguimos identificar o lado direito e esquerdo do corpo.
Frontal – a divisão é feita de maneira vertical ao lado do corpo, ou seja, a parte anterior (frente) e posterior (atrás).
Transversal – a divisão é feita na metade do corpo, ou seja, membros superiores (cintura para cima) e inferiores (cintura para baixo).


Eixo do movimento

Todo movimento que o corpo fizer será em torno de um ângulo que é denominado eixos que são:

Transversal (ou latero lateral) – ângulo reto do plano sagital
Ântero-posterior – rotação do plano frontal
Longitudinal - rotação do plano transversal


Movimentos
A partir do momento que sabemos essas informações é possível descrever os movimentos.

- Plano Sagital e eixo transversal ou latero lateral.
São movimentos que é trabalhado na linha do corpo, ou seja, quando os membros estão em seu lugar anatômicos ou quando vai para frente ao para trás do corpo.
Flexão – Diminuição de dois segmentos ósseos, ou seja, a diminuição de um ângulo.
Extensão – recoloca o segmento em posição anatômica que acabou de sair da flexão.
Hiperexentesão – rotação além da posição de extensão, que neste caso é o inverso da extensão.
Dorsoflexão e Flexão plantar
Anterversão – Quando o tronco ereto vai para frente
Retroversão – Quando o tronco ereto volta para o plano anatômico


- Plano Frontal e eixo ântero-posterior
Movimentos que afasta da linha medial do corpo, ou quando retorna a linha media do corpo.

Abdução – movimento que afasta da linha média do corpo.
Adução – movimento que aproxima da linha média do corpo.
Flexão Lateral – rotação lateral ou lateralização do tronco.
Elevação – quando a escapula se movimenta para cima.
Depressão - quando a escapula se movimenta para baixo.
Inversão – quando o pé faz uma rotação interna.
Eversão - quando o pé faz uma rotação externa.
Desvio ulnar – quando a mão faz o movimento de rotação para fora.
Desvio radial - quando a mão faz o movimento de rotação para dentro.


- Plano Transversal e eixo longitudinal

Os movimentos que ocorrem no plano transversal são rotações ao redor de um eixo.
Rotação (esquerda, direita) – quando há um movimente rotacional da cabeça, peço ou tronco.
Rotação (medial) – rotação interna de um único lado da perna ou do braço.
Rotação (lateral) - rotação externa que afasta do corpo.
Supinação – Quando o cotovelo está flexionado e há uma rotação interna do antebraço com a palma da mão para cima.
Pronação - Quando o cotovelo está flexionado e há uma rotação externa do antebraço com a palma da mão para cima.

Movimentos Articulares
As articulações são as partes do corpo onde há possibilidades de haver um movimento, ou seja, quando 2 ossos se juntas e se movem.
As possibilidades de movimentos são:

Pescoço (coluna vertebral - cervical) – Flexão, extensão, inclinação, hiperextensão, rotação.
Ombro – Flexão, extensão, hiperextensão, abdução, adução, abdução horizontal, adução horizontal, rotação interna e rotação externa.
Coluna (tronco) - Flexão, extensão, hiperextensão, flexão lateral, rotação.
Cotovelo – Flexão, extensão.
Radiounar (antebraço) – Pronação, Supinação.
Punho – Flexão, extensão.
Dedos da mão – Extensão, flexão, adução e adução.
Quadril – Anterversão, retroversão, inclinação, flexão, extensão e hiperextensão, abdução, adução, rotação interna e rotação externa.
Joelho – flexão, extensão.
Tornozelo – Dorsoflexão, flexão plantar, inversão e eversão.
Dedos dos pés – Flexão e extensão.


Classificação da articulação

Conforme o formato da junção dos ossos é classificado a articulação, pois é conforme o formato que da a possibilidade das variações do movimento.
Pode ser através de eixos que é classificado como não axial ou axial:

Não axial – não tem eixos
Uniaxial – 1 eixo
Braxial – 2 eixos
Multiaxial – Vários eixos
Existem vários tipos de articulações e iremos classificar as sinoviais:
Plana (não axial): duas superfícies ósseas que se encontra numa articulação, permite somente o deslizamento entre si, o movimento é limitado.
Gínglimo (uniaxiais) – permite movimento somente de flexão e extensão
Trocoide (uniaxiais) – permite rotação da cabeça de um lado para o outro.
Sela (Braxiais) - permite os movimentos para frente e para trás e de um lado para o outro, mas de forma limitada.
Condilar (Braxiais) – é arredondada e forma um osso com outro
Elipsoidal (Braxiais) - Pode flexionar e mover de um lado para o outro de forma limitada, tem um formato de ovo.
Esferóide (Multiaxial) - Permite todos os movimentos.

Aplicação da força de um movimento

O movimento pode ser de acordo ou contraria das forças naturais como a gravidade, o clima entre outros, e para cada tipo é dada uma nomenclatura:

Contração concêntrica – encurtamento do músculo durante uma contração.
Contração excêntrica – o músculo se alonga ao contrair.
Contração Isométrica – contração do músculo de forma estática, e neste momento não há encurtamento e nem alongamento.

Cadeia cinética

Cadeia cinética aberta – é quando os membros da extremidade se movimentam de forma livre
Cadeia cinética fechada – é quando os membros da extremidade se movimentam porem eles estão fixos em algum ponto.


Análise do movimento da ginástica


YOGA – BHUJANGÂSAGA


Movimento Articular - Cotovelo
Músculo Primário - Extensão
Contração Muscular - Concêntrico
Tendência da resistência de oposição - Flexão
Cadeia Cinética - Fechada
Classificação Articular - Sinovial Gínglimo
Plano do movimento - Sagital
Eixo do movimento – Transversal ou Latero lateral
Ossos associados - Rádio, Ulna e Úmero.
Músculos - Tríceps braquial
Descrição do movimento: Com os cotovelos flexionados é feita e extensão dos cotovelos


Movimento Articular - Coluna (tronco)
Músculo Primário - Hiperextensão
Contração Muscular - Concêntrico
Tendência da resistência de oposição – Flexão
Cadeia Cinética – Não tem cadeia cinética, pois o troco é ponto de referência.
Classificação Articular - Sinovial Plana
Plano do movimento – Sagital
Eixo do movimento – Não tem eixo de movimento, pois a coluna é um arco.
Ossos associados - Coluna vertebral (vértebras da coluna na região dorsal e torácica)
Músculos - Eretores toraco-lombar, semi-espinhal torácico, eretores profundos.
Descrição do movimento: Coluna entendida é a hiperextensão da coluna


MUSCULAÇÃO – CADEIRA EXTENSORA

Movimento Articular - Joelho
Músculo Primário - Extensão
Contração Muscular - Concêntrico
Tendência da resistência de oposição - Flexão
Cadeia Cinética - Aberta
Classificação Articular - Sinovial Condilar
Plano do movimento - Sagital
Eixo do movimento – Transversal ou latero lateral.
Ossos associados - Fêmur e Tíbia (Tibiofemoral)
Músculos - Reto femoral, Vasto lateral, Vasto medial, Vasto intermédio.




Referencias bibliográficas
ABRIL COLEÇÕES Atlas do corpo humano. 1º Ed. São Paulo: Abril, 2008. 70p.

FOX, Edwad L. e MATHEWS, D. K. Bases fisiológicas da educação física e dos desportos. 4º ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 1991. 518p.

HALL, S. J. Biomecânica básica. 3º Ed. de Janeiro: Guanabara Koogan, 2005. 417p.

Site Educação Física:

http://www.educacaofisica.com.br/dicionario_mostrar.asp?id=850 acesso em 30.out.2009



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens populares